terça-feira, novembro 04, 2014

Linux Mint 17 Qiana no Samsung Series 9 NP900X4C

Em junho do ano passado falei que um dia postaria sobre o ultrabook Samsung Series 9 NP900x4C adquirido em 2012. Pois bem, esse momento chegou.

Usando Windows

Como esse ultrabook foi desenhado para rodar Windows, eu não rodei nada diferente nos dois primeiros anos de vida dele. Quando foi comprado o sistema operacional instalado era o Windows 7. Um mês depois a Microsoft lançou o Windows 8. Nessa mesma época recebi um email da Samsung avisando que meu ultrabook era elegível para receber o Windows 8 por U$ 13,00. Então fiz o upgrade e usei esse sistema operacional até hoje.

Usando Linux Mint

Então decidi instalar o Linux Mint 17 (Qiana) no ultrabook. Alguns dos motivos que me levaram a instalá-lo estão listados abaixo:
  1. É a distribuição GNU/Linux que possui mais Page Hit no DistroWatch.
  2. É uma distribuição baseada no Ubuntu, mas equilibrada quanto a decisões de projeto, ou seja, não muda tudo de uma versão para outra.
  3. Tudo (ou quase tudo) do que é feito para o Ubuntu funciona no Linux Mint.
  4. O Linux Mint usa o Cinnamon como interface gráfica em vez do péssimo Unity do Ubuntu.
  5. O Windows 8.1 estava ocupando cerca de 70 Gb do SSD de 128 Gb disponíveis. Precisava de mais espaco para os meus arquivos em vez de usar quase tudo para o sistema operacional.
  6. Sou fã da linha de comando e linha de comando e Windows não combinam.
  7. Só agora as distribuições Linux começaram a suportar hardwares mais novos como desse ultrabook. Vide duração da bateria.

Mas nem todas notícias são boas. Encontrei alguns problemas durante o processo de instalação do novo sistema operacional e fiz o relato abaixo com link para outros post apresentando a solução. A medida que for me lembrando ou me deparando com outros problemas irei atualizando esse post.

Problemas: